19/06/2013

Facebook sai do ar por cerca de 15 minutos na terça-feira


O Facebook ficou fora do ar por volta das 22h desta terça-feira, 18, no Brasil e em países como Chile, México, Argentina e Estados Unidos, segundo relatos de usuários. Após 15 minutos, a rede social voltou ao ar gradativamente.
A queda do site virou um dos assuntos mais comentados no Twitter e gerou uma hipóteses de “teoria da conspiração” entre usuários brasileiros. Surgiram até hashtags como “culpa da Dilma” e “Dilma, devolve o Facebook”. Nos últimos dias, o tráfego na rede social tem sido particularmente intenso devido à repercussão dos protestos pelo País contra o aumento da tarifa de ônibus.
“O Facebook caiu e fechou o tempo na Augusta? Tá louco”, tweetou um usuário, se referindo aos conflitos no centro durante a sexta manifestação ocorrida na capital paulista. “Cara, sem zoação. Foi a Dilma mesmo. Ela desativou o Facebook pros brasileiros”, disse outro usuário. Outros brincavam com a própria causa dos protestos: “Até o Facebook caiu e o preço das passagens dos ônibus em São Paulo nada. Francamente, viu Haddad?”, disse um usuário.
       Em nota, a rede social não deu grandes esclarecimentos: “Ontem à noite, por conta de um problema interno em nossa infraestrutura de rede, nosso site ficou lento ou indisponível por um breve período. No entanto, tudo foi resolvido rapidamente e ele voltou a funcionar 100%. Pedimos desculpas por qualquer inconveniente.”
Nos últimos dias, o tráfego na rede social tem sido particularmente intenso devido à repercussão dos protestos pelo País contra o aumento da tarifa de ônibus. De acordo com a empresa as publicações e compartilhamentos no Facebook, Twitter e YouTube impactaram potencialmente mais de 79 milhões de usuários até a noite desta segunda-feira, 17.
“Facebook vai voltar logo para a organizações dos manifestos. Calma pessoal”, escreveu o grupo ativista Anonymous do Brasil, que por vezes assume a autoria de ataques a certos sites. O grupo negou ter relação com o problema: “Infelizmente o Facebook está fora do ar, não sabemos o motivos e não temos nada a ver com isso”. E aproveitou a oportunidade para convocar usuários às ruas...